Fique por dentro A força de um bom perfil e da interação ativa no LinkedIn

Muitas pessoas ainda não acreditam, mas é muito importante estar presente e atuante no LinkedIn, rede social que conecta profissionais e empresas, fomenta negócios e parcerias e gera oportunidades de emprego. Por incrível que pareça, grande parte dos brasileiros têm mais dúvidas do que entendimento sobre a importância da plataforma.

Maior rede social profissional do mundo, lançado em 2003, o LinkedIn reúne, aproximadamente, 690 milhões de usuários, em mais de 200 países. Destes, cerca de 43 milhões são brasileiros, o que nos coloca atrás apenas dos Estados Unidos, China e Índia. São dados expressivos, que reforçam a importância de estar nesta rede.

Mais do que estar no LinkedIn, é imprescindível ter um perfil completo, com foto, participar ativamente e ficar atento às interações dos seus contatos com você. Empresas de recrutamento e seleção utilizam o LinkedIn para buscar profissionais e observam, com surpresa, que muitos nem se dão ao trabalho de atualizar os dados, postar uma boa foto ou mesmo divulgar os meios de contato.

Conclusão, a maioria dos usuários não utiliza todo o potencial que a rede oferece, mesmo quem já tem um perfil. Ou melhor, não utilizava.

Neste artigo, damos algumas dicas para você aproveitar melhor todas as funcionalidades do LinkedIn.

Preenchimento correto e completo do perfil
Esta parte é essencial e muito fácil. É similar ao perfil do Facebook, com algumas diferenças fundamentais, como colocar uma foto profissional. Escolha, preferencialmente, a que esteja vestindo uma roupa mais formal, com fundo branco e sem outras pessoas ao lado.

Não se esqueça de inserir seus contatos atualizados
Algumas pessoas têm medo de se expor. Não pense assim. O LinkedIn expõe você para o mundo corporativo. Por isso, ao preencher o perfil, esteja muito atento aos campos relacionados às informações de contato. O ideal é preencher todos, inclusive o número do celular. Mas se você não quiser, informe um endereço de e-mail que acesse diariamente. Também é possível anexar o currículo ao perfil e publicá-lo em mais de um idioma. Faça isso!

Amplie sua rede de conexões
Você está com seu perfil preenchido, uma boa foto, contatos atualizados, seu histórico profissional completinho. Você até incluiu cases nos quais sua atuação foi determinante para os resultados. É o suficiente? Não.

No LinkedIn, é fundamental que você tenha uma participação proativa frequente. É a melhor maneira de expor a sua marca. Ou seja: você. E como fazer isso?

Comece ampliando ao máximo a sua rede de conexões. Procure amigos, contatos profissionais, colegas de trabalho e da faculdade, clientes, parceiros comerciais. Envie convite a todos, para vocês se conectarem. Para ser mais simpático, envie uma pequena saudação, lembrando à pessoa de onde vocês se conhecem.

O LinkedIn também permite personalizar a url do perfil. Isso facilita a outros usuários e aos mecanismos de busca encontrarem você.

Veja conteúdos até de pessoas que não são da sua rede
O LinkedIn oferece um diferencial importante em relação ao Facebook. Você pode ver publicações de profissionais que não fazem parte da sua rede, desde que um de seus contatos tenha alguma reação no post, como um comentário. Claro que você não vai ler todos os posts de desconhecidos, mas é um recurso que amplia bastante as possibilidades de conexão, visibilidade e relacionamento.

Da mesma forma, o LinkedIn também pode compartilhar conteúdos produzidos por usuários que não são seus contatos. Aproveite a oportunidade para expandir a sua rede.

Plataforma democrática
Ao contrário do que muitos pensam, o LinkedIn não atende às necessidades apenas de altos executivos. De auxiliares administrativos a CEOs, todos podem ser procurados e encontrados por meio da plataforma e receber uma proposta de emprego.

A interação é fundamental
Você precisa participar ativamente da rede, fazendo postagens ligadas ao universo corporativo, à sua própria empresa, à alguma conquista profissional importante. É uma postagem muito semelhante a um post no Facebook, mas com limite de tamanho para o texto. Você pode publicar fotos e vídeos, além das hashtags, que são fundamentais para ampliar a visibilidade do post.

Escolha bem o conteúdo das postagens. Jamais fale sobre sua vida pessoal, lazer, viagens que não sejam a trabalho ou qualquer assunto que não tenha relação com o universo profissional. Você pode publicar artigos ligados diretamente ao dia a dia corporativo, mostrando sua autoridade e conhecimento sobre o tema.

Ser atuante no LinkedIn também envolve participar de grupos de discussão relacionados à sua área de atuação; seguir o perfil de empresas do seu segmento ou onde você gostaria de trabalhar; reagir às postagens de seus contatos, apenas com um “gostei” ou um comentário cordial curto e bem redigido. Ao escrever, não se esqueça: tudo tem o objetivo de vender a sua marca.

Além dessas interações, se você está em busca de um emprego, fique atento às ofertas de vagas e candidate-se às que forem do seu interesse.

Também é importante estar informado sobre o mercado de trabalho. Análise de desempenho de mais de 15 mil cargos, realizada pelo próprio LinkedIn, apontou os 15 setores que mais cresceram entre abril e outubro de 2020, no Brasil e em outros países, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Depois deste artigo, é uma boa sugestão de leitura.

Seja educado e cordial sempre
Há pequenas iniciativas que ajudam a estabelecer relacionamento com seus contatos. Ao ganhar uma nova conexão, por exemplo, mande uma mensagem simpática de agradecimento.

O LinkedIn avisa sobre datas de aniversários, promoções de profissionais e até quando alguém inicia numa nova função ou empresa. São ótimas oportunidades para estabelecer contato, com um simples “parabéns”. A pessoa com quem você se conecta hoje pode, futuramente, ser muito importante na sua carreira.

Enfim, o LinkedIn não é apenas um “currículo”. É uma plataforma que gera negócios e empregos. Especialistas em recrutamento e seleção utilizam a rede diariamente, em busca de profissionais para as mais diversas vagas, em empresas de todos os segmentos de mercado. Quanto mais completo for o seu perfil e ativa a sua interação, maiores as chances de você ser encontrado e receber uma proposta.

E tem mais. Com a tendência crescente do trabalho em home office, as fronteiras entre empresas e funcionários diminuíram. O LinkedIn é capaz de levar o seu currículo mais longe, inclusive para outros estados ou países, tornando você uma “marca global”. Não se esqueça disso!

 

Mais recentes